quinta-feira, abril 30, 2009

SER BLOGUEIRA




SER BLOGUEIRA

 

Quando se decide abrir um blog , firmamos um termo onde são determinados “os direitos e deveres” de cada um e ponto! là não está especificado se o blog tem de ser assim ou assado, ou quem pode ou não acessá-lo,  essas são opções  selecionadas quando de sua configuração. Quantas vezes a proposta incial é uma e no andar da carruagem o blog se diversifica, onde está escrito que isso é vetado?


Se alguém escreve um blog meramente por escrever e não quer visitas, configura a inacessibilidade a êle e assim, cria-se a exclusividade, mas não é a regra, isso é excessionalidade.

 

Recentemente li em um blog algumas regras, criadas certamente por quem escreveu a postagem, fundamentadas naquilo que a pessoa gosta ou não e cheguei mesmo a ficar arrepiada quando ela declara passar longe de blogs com fundo preto!!!! Hum, ridículo não? Mas suportável, certamente a pessoa tem algum problema com a cor preta e passará anos luz dos meus, simplesmente porque amo o preto e acho que blogs com fundo preto, conferem mais destaque ás fotos! O que se procura? Beleza ou conteúdo?  procuramos, um cristo para descarregar nosso mau humor, ou justificar nossa grosseria na forma da famosa TPM, FRESCURA TÃO EM MODA ou pessoas interessantes que engrossem nosso círculo social?

 

Vejam, a isso classificamos com “ gosto individual” dentro daquela “ liberdade” que temos por direito. Mas por favor não esqueçamos que NOSSOS DIREITOS VÃO ATÉ ONDE COMEÇAM OS DIREITOS DE NOSSO PRÓXIMO, certo? Exemplificando, odeio sushi e sashimi mas não odeio que os aprecia! 

 

Outra coisa, não lembro quando da abertura de meus blogs, de me terem sido pedidos nível de escolaridade, testes de QI e principalmente se eu sabia escrever corretamente o meu idioma, se eu o usaria para desabafos etc..alguém foi indagado sobre esses itens?

 

Alguém foi orientado sobre  regras quando em visita a outro blog? Não é terrivel ir á casa de uma pessoa e após a visita a criticar? raios, porque foi então? para olhar se a casa estava empoeirada, organizada, para descobrir se ela te havia superado na compra de algum item que você cobiçava há tempos??? Assim também nos blogs, são os olheiros! Não vamos transformar esse mundo deliciosamente divertido em alcova, por favor! Para tudo tem tempo e hora! Atrás de uma postagem existe uma vida e se ela não teve a sorte que você teve, a ascenção profissional, o berço de ouro, porque ridicularizá-la com comentários maldosos nas " entre linhas"?

 

A blogosfera é território livre, RESPEITO a capacidade intelectual de cada um, respeito o nível de escolaridade das pessoas e de minha parte, jamais alguém receberá uma só alfinetada; sou livre mas respeito meu próximo e as limitações de cada um, inclusive as minhas. Na vida real somos obrigados a conviver com determinadas situações simplesmente porque não temos como evitá-las mas aqui é tãosimples...DELETE QUEM NÃO É POR VOCÊ, DELETE QUEM TE INCOMODA, DELETE QUEM NÃO FOR DA TUA GRANDEZA SOCIAL e pronto! O que não se deve é usar os blogs como amortecedores para nossas crises existenciais, ofendendo as pessoas, diminuindo-as, isso não!

 

Existem pessoas que encontram dificuldades em configurar essas páginas, usar códigos HTLM, outras, inclusive eu, que falam daquilo que se lhes vai de falar e RESPEITO! Não tive e nem tenho a sorte de trabalhar com a WEB, não sou PHD em computação, hoje estou limitada, NÃO SOU limitada, não pela idade mas porque me limito porque ser blogueira não é meu ganha pão e sim minha diversão. Estar na frente do PC, nos meus conceitos, é para me descontrair e não criar-me mais problemas.

 

Percebo que existem pessoas que entram e saem sem deixar sequer um alô e outras que simplesmente não respondem a comentários...FAZER O QUE???? Gente, ninguém dá o que não tem!!!!!  Óbvio que as vezes eu Tb entro e não faço comentários mas não visitei o blog para bisbilhotar o conteúdo, essa é a diferença, me entendem???? Bisbilhotar, mexericar, fofocar para ali na frente com duas pedras nas mãos tecer comentários deselegantes ou com comentáarios ANÔNIMOS...A arte de fuxicar para mim, é trabalhar com pedaços de tecidos, criando elementos que comporão artesanatos enquanto o “ velho” é superado fuxico, aquele que pressupõe comentários maldosos, arrogantes, " o famoso leva e trás", é clara e escarradamente a patologia da inferioridade..

 

 

Cansei de visitar blogs com erros gravíssimos de português e daí? O conteúdo me interessava e permaneci..outros tantos cheios de fricotes e vazios de essência mas por favor, NINGUÉM ME OBRIGA A PERMANECER EM LUGAR ALGUM, só fazemos aquilo que nos é bom, que nos acrescenta mas daí a ficar arrancando meus cabelos por conta de leituras? De pessoas que não pagam minhas contas? que não fazem parte da minha história de vida, pessoas que nem merecem que eu me detenha perdendo tempo em ler suas mensagens, mas não faço não! 

Sem pieguices, não sou de passar a mão na cabeça de ninguém para ganhar pontuação..Conheço meus limites e respeito os limites de meu próximo e se alguém usar o blog como desabafo, por mágoas, por questões financeiras, amorosas, familiares ou de saúde, dentro de meus conhecimentos e capacitação vou me associar a essa pessoa, SE ELA ASSIM O PERMITIR,  porque isso chama-se SOLIDARIEDADE e não promoção pessoal! AS vezes uma palavra eleva quem está dentro de uma situação conflitante enquanto outras são capazes de matar! Além do mais sabemos que tudo é transitório nesta vida. De nada adianta eu passar a mão na cabeça e sai por ai me desabafando que a pessoa é sempre nefasta ou que faz um dramalhão; muitas vezes situações que já enfrentamos podem ajudar outros a encontrarem soluções para problemas que se apresentam como grandes borrascas e que no fundo, são pequenas gotas d’ agua!!!!!

 

As tempestades vem para todos só que uns forram os pés com sacos plásticos; outros usam botas...uns usam capas e guarda-chuvas outros se abrigam em papelões e daí????

É realmente muito complicado conviver com as diferenças!!! a grande verdade é uma só, que não sabe conviver na vida real com as diferenças não as compreenderá nem na virtual! Acho que a arrogância, a prepotência, a altivez não são compatíveis com mundo onde impera a diversidade cultural!

Photobucket

13 comentários:

O Atelier de Lili Glacê disse...

Oi Dolly!
Tudo certo??
Gostaríamos de saber o seu email, para mandarmos a foto da Caixa da sua Mãe!
Não estamos encontrando seu email aqui!

Ficamos no aguardo!

Bjão!

Karen e Karoline!

dollystar disse...

Oi meninas, que boa surpresa...dollystar@gmail.com
ainda não tive noticias da supresa mas depois informo a vcs. pela presteza, gentileza agradeço de coração!
bjs Dolly

Wlady disse...

Oi Dolly!
PARABÉNS!!!! palavras sábias,principalmente quando fala em demonstrar solidariedade em um momento difícil da vida e é mal interpretado por quem recebe o comentário!
O ser humano muitas vezes é cruel no julgamento das atitutes das pessoas!
bjk e ótimo final de semana para vc

dollystar disse...

obrigada Wlady por ter entendido o espirito da crônica!
bom final de semana a vcs também...
bjs Dolly

Faça ou Desfaça disse...

Falou e disse! Concordo com vc e sua postura foi genial. Afinal um pretinho básico é tudo de bom!!!Quem quer confusão que dê socos no próprio umbigo.Tb estou no blog pra me distrair, desestressar e encontro em todos algo que possa me ajudar a crescer, isso que é importante.Está no olhar de quem vê, as coisas bonitas e interessantes da vida.
Agradeço-lhe por deixar as regrinhas de como colocar som no powerpoint.
Felizmente eu já havia conseguido achar..Loiras são espertas! rsrsrsr
beijocas carinhosas

dollystar disse...

Obrigada pelo apoio amiga!!!!
quanto ao som, power point etc...pq será que o povo nos discrimina por sermos loiras? ou é dor de cotovelo??
bjs

Cassia Marques disse...

è isso aí Dolly, tá certissima, adorei,parabens pelo blog

bjos cassia

dollystar disse...

Olá Cassia, gostou???? pois é, isso que escrevi não é regra mas como vejo nossa permanência diante do pc por horas tentando ser blogueira!
bjs Dolly

A menina que roubava idéias disse...

É ótimo ler um texto deste logo pela manhã. Também não recebi nenhum manual, inclusive fico meio perdida, por exemplo, você foi ao meu blog, não sei se agradeço a visita aqui ou lá, e se for aqui, onde? Mas voltando à liberdade, há umas semanas atrás eu li uma coisa muito legal. Sua liberdade não acaba onde começa a do outro, ela caminha paralela, pois se ela acabar, não é mais liberdade. E você tem toda liberdade de escrever de preto, marrom, azul, com erros, sem erros ...

Engraçado que o seu texto me fez pensar como sou extrovertida e como estou travada para escrever o blog.

Parabéns pelo blog, pela postagem e pela coragem.

Uma ótima quinta e um beijo carinhoso

dollystar disse...

Oi Ana, acho que não importa de onde partimos mas onde queremos chegar...
Quando se diz sobre que aliberdade vai até onde começa a de nosso vizinho, implicitamente está se criando a barreira para a liberdade de expressão; a partir do momento da ação, você trombará alí na frente com reações..Acredito sim que ela ande em paralelo mas o dificil, me parece é delimitar espaços...
Quanto a minha coragem, sou sim...demasiadamente corajosa e me orgulho em ser assim, mesmo nos percursos finais de minha existência. Venci profissionalmente por ter coragem, por ser arrojada, por encarar todos os desafios e por isso fui sempre uma lutadora contra " as mulheres de vida fácil"..Essa história de virar ou ser prostituta porque o mercado não oferece chances, é charge para a vadiagem...Acho que o ser humano quando nasce recebe a carga genética dele mas é complementada pela vontade própria...um pedra a ser lapidada que só brilhará à medida que a formos lapidando e nessa vida, cada faceta lapidada dá-nos um brilho multicolorido como aquele encontrado no arco-iris.
Vejo que você começou a destrinchar minhas entranhas, já que passou por todos os meus blogs e agradeço!
volte sempre, bjs

calma que estou com pressa disse...

Dolly! aiii fiquei emocionada com que li agora, tu descreveu exatamente o que sinto. Sabe que no inicio comecei a blogar porque o orkut não estava me satisfazendo mais. confesso que não era muito fã deste trem aqui chamado computador, tinha dificuldades, ainda tenho muitas, tenho que pedir socorro várias vezes para os filhos! Comecei devagar nos e-mails-gostei-gostava de receber e mandar mensagens legais, alegres... daí me botaram no orkut (confesso olhava meus filhos lá e não entendia pq que eles gostavam tanto daquilo) mas quando entrei fui formando amigos, mas só amigos, porque vi muitos orkuts com 1000 pessoas, gente como que tu dá conta de tanta gente! tem gente que pedia para eu add mas eu nem conhecia a pessoa, daí me falavam add prá ter mais gente no orkut, e ninguém me entendia, gente eu não quero números, eu quero ter um lugar prá trocar fotos, recados... com amigas de verdade! só que eu estava postando fotos do que fazia e escrevia um monte de coisas , daí entrei em alguns blogs e gostei do negócio, comecei na brincadeira nem sabia como começar foram meus filhos que ajudaram, e foi indo.. no inicio postava só prá mim, estava apaixonada, podia escrever e postar fotos, daí pedia para minhas amigas entrarem no meu blog-comentassem , fizessem criticas e ninguém entrava.. entrei em alguns blogs e num em especial, comentava do meu blog e nada, uma dia pedi PLEASE entra no meu blog porque eu me identificava tanto com ela, e nada . Um belo dia abri meu blog e lá estava um comentário lindo, da Leila_coisas da bruxinha - que tinha visto um comentário meu justamente nesta pessoa que não deu a minima para mim e a Leila se encantou comigo, viramos amigas, ela me ajudou em muitas coisas que não sabia, viramos amigas, ela foi a minha iniciante, daí por diante fui entrando no das amigas dela e foi se formando a blogoesfera! Por isto eu tb acho que é legal devolver o comentário, quando ver uma nova postagem comentar o trabalho desta pessoa que ficou lá na frente do PC igual a nós =, escreveu para se satisfazer e satisfazer aos outros que lhe acompanham, por prazer, porque tem gente que pensa e me pergunta quanto que eu estou ganhando nesta... rsrsrs gente nada... mas se é prá falar de novas amizades, de novas descobertas, de descobrir que você não está sozinha no que passa no seu coração, que tem muita gente igual á nós, por isto virei blogueira(meu novo amor) e assino embaixo tudo que tu escreveu no teu texto lindo!
falei mais que pobre na chuva(ditado mineiro)
bjs

Iraildes disse...

Sem milongas
Voce e' o cara.
Abracos

sheR disse...

Oi???
Encontrei seu blog pesquisando no google, e adorei sua postagem...
Eu concordo plenamente com você..
Ontem mesmo uma amiga minha foi no meu blog e fez o seguinte comentário:
Amiga, hoje não vou ler seu post porque tenho traumas disso... e explicou tudinho...
Não foi bonita essa atitude? Muito melhor do que ler pra depois ficar falando mal..
Gostei do seu post.
bjO